O bate papo de hoje é sobre a atuação do advogado correspondente no Brasil.

Correspondente é o profissional que responde a outro. Aquele que presta os seus serviços advocatícios para outros advogados, ou até mesmo para escritórios.

O mais interessante é que não somente os advogados podem atuar como correspondentes, estagiários e sociedades de advogados também podem exercer está atividade.

Inserido num mercado superior a 1 milhão, a atividade da advocacia correspondente cresce a cada no Brasil.

Quando realizada de forma planejada, o trabalho como correspondente pode ser uma alternativa de renda extra para o advogado.

Pensando nisso, decidimos elaborar este post para orientar os advogados sobre como deve ser a atuação do correspondente.

Nichos para atuação

O advogado correspondente poderá atuar:

. Diligências, cópias de processos, confecção e pagamentos de guias;

. Pedidos ou despachos diretos junto a cartórios, varas e juízes;

. Realização de audiências e sustentações orais perante tribunais, turmas recursais ou esferas públicas administrativas;

. Atendimento e orientação de partes no processos;

. Reuniões e representações do advogado em negociações extrajudiciais;

Enfim, são várias as atividades do advogado correspondente.

Rotina de divulgação da atividade como advogado correspondente

Mesmo assim, é extremamente importante que o advogado realize um plano simples de divulgação constante de seus serviços e isso pode ser feito:

. Redes sociais, em especial facebook e linkedin;

. Grupos do Facebook e linkedin;

. Grupos de WhatsApp.

. e-mails marketig para o grupo parceiro

. instagram;

Vamos para o passo a passo deste trabalho de divulgação:

Entenda qual o horário que os advogados estão nas redes sociais ou que tem por hábito realizar a abertura de e-mails.

Recomendamos 2 à 3 notificações por dia. 7h/8h, 12h/13h e 18h/19h.

Os horários acima são de início da jornada de trabalho e término. Isso facilita a taxa de abertura de notificações das redes sociais e e-mails.

Para realizar esta tarefa, siga uma rotina ou calendário editorial bem simples. Na primeira semana separe os e-mails, textos e imagens para publicar. Realize as publicações na semana seguinte.

Fazendo assim, isso seguirá uma rotina e que deverá ser transmitida ou delegada para sua estagiária ou secretária.

Para facilitar o controle você poderá fazer por meio da melhor agenda online e gratuito do Brasil, Acesse aqui a agenda do gmail.    

7 Requisitos para se tornar e se destacar como advogado correspondente

Assim como as demais áreas do Direito, a função como corresponde jurídico também exige do interessado certos requisitos para que ele possa de fato exercer tal função.  Além, é claro, de possuir conhecimentos técnicos na área da advocacia.

Separamos algumas delas logo abaixo:

Organização #1

Ser organizado é um fator determinante para ter uma carreira de sucesso do advogado correspondente.

Quando falamos se tornar um advogado correspondente é preciso que você compreenda que para se ter eficiência no trabalho é necessário controle de tempo e das tarefas a serem realizadas.

Dessa forma, ter uma rotina organizada é crucial, para que você consiga de fato cumprir todas as atividades contratadas.

É preciso que você saiba administrar o seu tempo disponível e o tempo que você vai se dedicar a carreira como advogado de apoio.

Para te auxiliar na organização você pode lançar mão de vários aplicativos que organizam a sua rotina. Entre as opções disponíveis, indicamos o Google Agenda, Evernote e até mesmo o bloco de notas do seu telefone. Mas se você não conseguir se organizar com os aplicativos sempre temos a velha e boa agenda.

Controle de Finanças #2

O segundo ponto que devemos ter em mente quando falamos de um profissional que deseja atuar como advogado correspondente é ter o controle de suas finanças.

É muito importante que você saiba controlar os seus rendimentos que decorrem das atividades realizadas como advogado correspondente, assim você irá perceber se está é uma boa área de atuação para você.

Além disso com a análise de finanças você vai conseguir saber se a sua demanda de trabalho está sendo eficiente, se os valores que está cobrando e se estão dentro do valor de mercado.

Conhecimento #3

Quanto mais informações você souber sobre o caso objeto da contratação, mais qualificado estará para realizar o ato.

Então deixe um termo pronto, com número do processo, vara, e especificações da atividade (como perguntas prontas, no caso de audiência).

Isso é uma premissa para o sucesso de qualquer área de atuação, mas no Direito em especial o conhecimento é vital.

Muitas vezes chegam demandas como advogado correspondente que você nunca viu, porém isto não pode de forma alguma ser um empecilho para você, busque conhecimento sobre o assunto, estude e se dedique.

Responsabilidade #4

A responsabilidade é um ponto que não poderíamos deixar de fora da nossa lista, é crucial para qualquer advogado, seja ele correspondente ou não, ter responsabilidade com as suas diligências.

Os processos tem prazos e procedimentos muito específicos que não podem ser ignorados muito menos negligenciados, sob pena de perda de causa ou preclusão do prazo.

É de fundamental importância ter a responsabilidade com o andamento dos processos, cumprir as diligências da forma que foram acordadas.

Aqui, indicamos:

. agenda do google;

. trello: ferramente para cadastro e controle de tarefas com utilização gratuita.

Acessibilidade #5

Outro ponto determinante é se mostrar acessível, muitos escritórios de advocacia ou advogados autônomos tem um certo cuidado e receio ao contratar um correspondente de outro Estado.

É totalmente compreensível este cuidado, uma vez que o contratado pode não cumprir devidamente com as suas obrigações como correspondente jurídico e neste caso o prejuízo se dá para ambas as partes envolvidas.

Para romper com está barreira é preciso se mostrar sempre confiança, agir com transparência, ser acessível para resolver e responder a todos os questionamentos e dúvidas dos clientes, assim o advogado correspondente demostra que é capaz de executar as suas funções e ainda consegue a confiança do contratado o que pode lhe render demandas futuras.

Capacitação #6

Atue como corresponde audiencista nas áreas que já tem experiência.

Não faça o processo do escritório ou advogado contrante uma cobaia para auxílio a sua prática da advocacia.

Capacite-se sempre e escolha as diligências e audiências que irá atuar – não faça apenas em razão do lucro.

Conexões #7

Ter boas conexões é fundamental para conseguir as diligências, quanto mais conhecido você for no mercado de advocacia, maiores serão as suas chances de atuar como advogado corresponde.

Para isso, temos uma ótima dica, existe uma plataforma que cuida especialmente de unir advogados correspondes a escritórios e outros advogados que necessitam dos serviços de correspondência, o mais interessante é que a plataforma é totalmente gratuita.

Para ser visto é preciso aparecer, portanto é importante utilizar ferramentas gratuitas como o site http://www.correspondenteiapa.com.br para ampliar as possibilidades de contratação do advogado.

Valor e preço da atuação como correspondente

O valor é aquilo que você entrega para o cliente, seu trabalho – o preço, quanto cobrará.

Quanto maior o valor do seu trabalho, maior o preço.

Não trabalhe por ínfimos honorários, jamais.

Demonstre em seu sua página, blog, e-mail ou até por telefone de forma rápida, certa e profissional o seu valor e, depois, informe o preço.

Seja objetivo e profissional, sempre. A recusa por baixos honorários representa sua postura diante do concorrido mercado. Pode parecer difícil no começo, mas em pouco tempo receberá o contato de um bom escritório ou empresa que confiará em seu trabalho e irá valorizá-lo.

Lembre-se, a valorização do seu trabalho começa com você!

Conclusão

Há tempos que é discutido no Brasil o excesso do número de advogados em nosso país. Esta discussão ganhou mais força neste ano, pois os dados coletados pela OAB e o CNJ que ultrapassamos 1 milhão de advogados inscritos no quadro da OAB.

A atividade da advocacia correspondente pode sim transforma-se em uma grande fonte de renda para os advogados. Mas é essencial saber o caminho da divulgação ética de seu trabalho.

Posicionamento do seu escritório para a atividade da Advocacia Correspondente

Muito se fala sobre posicionamento das bancas jurídica quando o assunto é a estratégia na advocacia na busca do desenvolvimento e crescimento dos escritório.

Contudo, muito pouco é aplicado na prática em relação a advocacia correspondente.

Muito mais que ter um site ou uma página no facebook, o posicionamento do seu escritório está muito ligado ao relacionamento que você mantém com sua rede de contatos. Ainda, tem relação também sobre como sua voz é ouvida no seu meio social.

Veja, Gandhi não foi o primeiro homem a falar sobre a independência da Índia, mas foi o primeiro cuja voz foi ouvida.

Então, revise estes três passos: 

Rede de contatos: Atualize e divulgue seus serviços para sua rede de contatos na advocacia;

Redes Sociais: Crie ou melhore seu perfil em redes sociais e crie páginas específicas para divulgar seu trabalho como correspondente. Saiba que 90% das contratações de advogados correspondentes são feitas por meio de sites de correspondentes e redes socais. Não se esqueça de publicar todos os dias, em 3 horários seguindo um plano estratégico.

Valorize seu trabalho: Quanto maior o valor, maior o preço!

Agora que você leu essas dicas, quer inicar ou ampliar sua atuação como advogado correspondente?

Então cadastra-se aqui (é 100% grátis)

www.correspondenteiapa.com.br

Entre em www.correspondenteiapa.com.br Inscreva-se Grátis (Para os primeiros 500 advogados!!)

Posted by IAPA JUS – Instituto de Aperfeiçoamento e Práticas da Advocacia on Friday, August 7, 2015

Deixe seu comentário abaixo deste post, isso é muito importante para a Equipe do IAPA (Instituto de Aperfeiçoamento em Práticas da Advocacia). Sucesso!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.